Ultimas

Os 10 melhores combates de sempre do Money in the Bank

Money in the Bank foi implementado em 2010
Implementado em 2010 como um pay-per-view em que acontecia pelo menos um Money in the Bank Ladder match, combate que anteriormente se disputava na WrestleMania, o Money in the Bank tornou-se num dos eventos mais aguardados do ano na WWE, não só porque define quem pode lutar por um título mundial a qualquer momento, mas também pelos sempre espetaculares combates de escadote.
 
Habitualmente realizado a meio do ano (em maio, junho ou julho), o PPV só não teve em duas das suas primeiras dez edições um Ladder match no main-event – em 2011 por uma boa razão, um combate classificado com cinco estrelas por Dave Meltzer, do Wrestling Observer Newsletter, algo que já não acontecia na WWE desde 1997.
 
Vale por isso a pena conhecer a nossa lista dos dez melhores combates de sempre do Money in the Bank, por ordem cronológica.
 
 
John Cena (c) vs. CM Punk
(Se Cena não retivesse o título, seria despedido)
No episódio de 13 de junho do Raw, CM Punk beneficiou de uma distração causada por R-Truth para vencer o campeão John Cena num combate sem o título em jogo.
Uma semana depois, Punk tornou-se no candidato principal ao WWE Championship ao bater Alberto Del Rio e Rey Mysterio num Falls Count Anywhere match. Depois do combate, Punk revelou que o seu contrato expiraria na meia-noite de 17 de julho, imediatamente após o pay-per-view Money in the Bank terminar, e prometeu ganhar o título e deixar a companhia com o cinturão.
No episódio seguinte do Monday Night Raw, Punk ajudou R-Truth a vencer Cena num Tables match e fez uma das mais famosas promos de sempre da WWE, autoproclamando-se o melhor do mundo [Best in the World], tecendo duras críticas a John Cena, Vince McMahon e a toda administração da companhia e prometendo defender o WWE Championship noutras companhias, como a Ring of Honor e a New Japan Pro Wrestling.
Como resultado, Punk foi suspenso e viu ser-lhe retirada a oportunidade de lutar pelo título. No entanto, Cena confrontou Vince McMahon e ameaçou deixar a companhia e devolver-lhe o WWE Championship caso Punk não fosse reintegrado. Vince McMahon cedeu, mas com uma condição: se Cena perdesse o título, seria despedido.
No episódio de 11 de julho do Monday Night Raw, Mr. McMahon tentou que CM Punk renovasse contrato para ter a certeza de que o WWE Championship ficava na WWE. O presidente da companhia concordou com todas as exigências de Punk e pediu-lhe desculpas, mas Cena interrompeu-os e atacou Punk. Em resposta, Punk rasgou o contrato.
E para apimentar tudo isto, um dado extremamente importante: o Money in the Bank realizou-se em Chicago, terra natal de Punk.
 
 
 
No Disqualification match pelo WWE Championship
CM Punk (c) vs. Daniel Bryan
(AJ Lee como árbitra convidada)
Campeão desde novembro do ano anterior, CM Punk foi retendo consecutivamente o WWE Championship nos meses que se seguiram, obtendo vitórias sobre lutadores como Alberto Del Rio, The Miz, Dolph Ziggler, Chris Jericho, Kofi Kingston, R-Truth, Kane e o próprio Daniel Bryan.
Paralelamente, a ex-namorada de Bryan, AJ Lee, mostrou interesse em Punk e Kane e, ao mesmo tempo, reacendeu a sua paixão por Bryan. No entanto, Punk e Kane acreditavam que ela estava desestabilizada devido ao fim da relação com Bryan.
A seguir ao No Way Out, em que Punk bateu Bryan e Kane para reter o título, Daniel Bryan ganhou o direito a mais oportunidade pelo WWE Championship no Money in the Bank, após vencer Punk e Kane.  
Semanas depois, AJ Lee foi nomeada árbitra convidada. E instantes antes de o pay-per-view começar, foi anunciado que o combate seria uma contenda sem desqualificações.
 
 
 
Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade pelo WWE Championship
CM Punk vs. Daniel Bryan vs. Randy Orton vs. Sheamus vs. Christian vs. Rob Van Dam
No PPV anterior, o Payback, foi anunciado que Rob Van Dam, que estava ausente dos ringues da WWE desde 2009, ia regressar no Money in the Bank. Na noite seguinte, foi anunciado que o campeão da WWE, John Cena, ia defender o título frente a Mark Henry e que o campeão mundial Alberto Del Rio defenderia o cinturão diante de Dolph Ziggler no Money in the Bank.
Posto isto, a vice-presidente executiva Stephanie McMahon anunciou que CM Punk, Sheamus, Randy OrtonDaniel Bryan, Christian e o regressado Rob Van Dam iriam competir no Money in the Bank ladder match por um contrato que garantia uma oportunidade pelo WWE Championship. Porém, Kane acabou por ser removido do combate depois de ser atacado pela estreante Wyatt Family no último Monday Night Raw antes do PPV.
 
 
 
Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade pelo WWE World Heavyweight Championship
Seth Rollins vs. Dean Ambrose vs. Dolph Ziggler vs. Jack Swagger vs. Kofi Kingston vs. Rob Van Dam
Era suposto que Daniel Bryan defendesse o WWE World Heavyweight Championship no Money in the Bank, mas o campeão sofreu uma lesão que o obrigou a entregar o título, que seria assim disputado num combate de escadote entre Alberto Del Rio, Randy Orton, Sheamus, Cesaro, Bray Wyatt, John Cena, Kane e Roman Reigns no PPV.
Entretanto, um Money in the Bank ladder match foi adicionado ao evento, tendo Seth Rollins se autodeclarado como primeiro participante durante o episódio de 17 de junho do Main Event. Seis dias depois, no Raw, Triple H adicionou à contenda Bad News Barrett, Dolph Ziggler, Rob Van Dam, Kofi Kingston e Jack Swagger. Entretanto, Rollins pediu que Dean Ambrose fosse adicionado ao combate, algo que Triple H aceitou. Por outro lado, Barrett sofreu uma lesão e foi removido.
 
 
 
John Cena vs. Kevin Owens
No episódio de 18 de maio do Raw, o então campeão do NXT, Kevin Owens, respondeu a um open challenge do então campeão dos Estados Unidos, John Cena. Porém, em vez de defrontar Cena, Owens atacou-o e disse que ambos iam lutar, sim, mas à sua maneira. Nessa mesma noite, foi agendado um combate entre ambos para o Elimination Chamber.
Entretanto, foi marcada uma desforra para o Money in the Bank.
 
 
 
John Cena vs. AJ Styles
No episódio de 30 de maio do Raw, John Cena regressou à programação da WWE após recuperar de uma lesão no ombro que o afastou dos ringues durante cinco meses. AJ Styles apareceu para lhe dar as boas-vindas, até que os seus antigos companheiros de equipa no The Club, Luke Gallows e Karl Anderson, apareceram prontos para lutar. Cena e Styles pareciam preparados para brigar com Gallows e Anderson, mas Styles traiu Cena e atacou-o juntamente com os seus amigos, virando heel e fazendo regressar o The Club.
Dias depois, foi agendado para o Money in the Bank um combate que a WWE descreveu como um “WrestleMania Dream Match”.
No episódio de 13 de junho do Raw, Cena apresentou dois contratos a Styles: um permitia a presença de Gallows e Anderson nas imediações do ringue, o outro bania-os da zona adjacente ao ringue. E Styles escolheu este último.
 
 
 
Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade pelo WWE World Heavyweight Championship
Dean Ambrose vs. Alberto Del Rio vs. Cesaro vs. Chris Jericho vs. Kevin Owens vs. Sami Zayn
No episódio de 23 de maio do Raw, Sami Zayn, Cesaro, Chris Jericho, Dean Ambrose e Kevin Owens qualificaram-se para o Money in the Bank Ladder match ao derrotarem Sheamus, The Miz, Apollo Crews, Dolph Ziggler e AJ Styles, respetivamente. Três dias depois, no SmackDown, Alberto Del Rio bateu Zack Ryder para se qualificar.
 
 
 
Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade pelo WWE Championship:
Baron Corbin vs. AJ Styles vs. Dolph Ziggler vs. Kevin Owens vs. Sami Zayn vs. Shinsuke Nakamura
Pela primeira e única vez na história, o PPV Money in the Bank foi exclusivo de uma brand, a SmackDown. Por isso, o vencedor do Money in the Bank Ladder match masculino iria receber uma oportunidade pelo título mais importante da brand azul, o WWE Championship.
Com o campeão Jinder Mahal a defender o cinturão frente a Randy Orton, Shane McMahon anunciou no episódio do SmackDown de 23 de maio que AJ Styles, Shinsuke Nakamura, Dolph Ziggler, Sami Zayn e Baron Corbin seriam os participantes. O campeão dos EUA, Kevin Owens, argumentou que também deveria participar uma vez que reteve o seu título no Backlash após vitória sobre AJ Styles, argumento ao qual Shane foi sensível.
Logo nessa noite, Zayn derrotou Corbin numa desforra do Backlash, enquanto Styles e Nakamura formaram equipa e bateram Owens e Ziggler. Na semana seguinte, Owens e Corbin atacaram Nakamura, mas Zayn fez o save, o que levou a um combate de tag team em que Nakamura e Zayn saíram vencedores; e Ziggler bateu Styles, mas saiu derrotado sete dias depois na desforra. Entretanto, Corbin atacou Zayn e mais tarde Nakamura, que tinha acabado de vencer Owens.
Por fim, no último SmackDown antes do Money in the Bank, Styles, Nakamura e Zayn venceram Owens, Ziggler e Corbin num combate de tag team de seis homens, mas após a contenda todos os intervenientes envolveram-se numa brawl.
 
 
 
WWE Universal Championship:
Seth Rollins (c) vs. AJ Styles
No episódio de 22 de abril do Raw, Triple H marcou dois triple threat matches cujos vencedores se defrontariam para determinar o novo candidato principal ao Universal Championship de Seth Rollins.
Num dos combates, AJ Styles bateu Rey Mysterio e Samoa Joe. No outro, Baron Corbin derrotou Drew McIntyre e The Miz. Depois, Styles venceu Corbin e tornou-se no candidato principal ao título universal no Money in the Bank.
 
 
 
Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade por um título mundial:
Brock Lesnar vs. Ali vs. Andrade vs. Baron Corbin vs. Drew McIntyre vs. Finn Bálor vs. Randy Orton vs. Ricochet
Durante o “A Moment of Bliss” no episódio de 29 de abril do Raw, Alexa Bliss anunciou os quatro participantes do Raw no Money in the Bank Ladder match masculino: Braun Strowman, Ricochet, Drew McIntyre e Baron Corbin. No SmackDown da noite seguinte, foi revelado que Ali, Finn Bálor, Andrade e Randy Orton seriam os representantes do SmackDown.
No Raw da semana seguinte, Robert Roode teve a oportunidade de substituir Ricochet caso o vencesse, mas não foi bem-sucedido. Por outro lado, Sami Zayn derrotou Strowman num Falls Count Anywhere match no episódio de 13 de maio do Raw depois de uma interferência de Corbin e McIntyre e ficou com a vaga de Strowman.
 


Sem comentários:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.