Ultimas

Combates Money in the Bank - Top 6 || Turnbuckle View #1



Viva! O meu nome é Ricardo Soares e estreio hoje o Turnbuckle View onde irei abordar dos mais variados temas relacionados com wrestling, baseado um pouco no formato de listas, análises e entre outras coisas. Espero que gostem e que se entretenham.



Desde a sua estreia em 2005, na Wrestlemania 21, o combate de escadotes Money in the Bank tornou-se numa tradição anual na WWE. Entre cinco a oito lutadores põem o seu corpo em jogo por uma oportunidade de poderem desafiar o campeão mundial em qualquer momento e em qualquer lugar, bem como pretenderem.

Ao longo destes cerca de 15 anos houveram definitivamente alguns clássicos e a 10 de Maio teremos algo diferente… Este ano as estrelas da WWE terão de não só subir o escadote mas terão também de primeiro subir ao telhado da sede da World Wrestling Entertainment.

Para juntar ao entusiasmo por estes atípicos combates Money in the Bank, aqui fica um top 6 de melhores combates Money in the Bank de sempre, tendo em conta o combate em si bem como o vencedor e o cash in.


N.º 6 - Money In The Bank 2016

Alberto Del Rio, Cesaro, Chris Jericho, Dean Ambrose, Kevin Owens e Sami Zayn

Combate marcado pela rivalidade entre Kevin Owens e Sami Zayn, em que cada um levou ao extremo um e outro, com manobras bem “feias de se ver”. Combate este em que cada um dos participantes teve a oportunidade de se mostrar e que deu a confirmar a tudo e a todos de quão bom Cesaro é dentro daquele ringue.




O vencedor acabaria por ser Dean Ambrose, que na mesma noite realizou o cash in no seu “irmão” dos Shield, Seth Rollins, que tinha acabado de derrotar Roman Reigns no main event. Não só um óptimo combate como também uma grande noite, em que o título da WWE passou pelos 3 membros dos Shield no espaço de minutos.




N.º 5 - Money In The Bank 2017

AJ Styles, Baron Corbin, Dolph Ziggler, Kevin Owens, Sami Zayn e Shinsuke Nakamura (SmackDown)

Antes do combate se iniciar sequer, Baron Corbin ataca e tira Nakamura da equação do combate quando este se dirigia para o ringue.

O mesmo começa só com 5 participantes, Owens e Zayn a darem mais uma vez tudo e tendo protagonizado muitos dos momentos mais duros do combate. A certa altura, Ziggler retira o escadote dos pés de AJ Styles fazendo com que este fique pendurado e agarrado à mala e logo a seguir manda uma grande queda até ao tapete.

Quando Nakamura volta à ação, o caos aumenta e somos expostos até a um pequeno momento entre este e Styles, mas no final é Baron Corbin que leva a mala.


Mais tarde, Corbin viria a falhar o cash in contra o campeão da WWE na altura, Jinder Mahal, devido a talvez um péssimo booking ou, quem sabe, o timing não seria o certo para Corbin ser o homem do topo da empresa.
Podem ver a tentativa de Corbin no vídeo abaixo.


N.º 4- Wrestlemania 23

CM Punk, Edge, Finlay, Jeff Hardy, King Booker, Matt Hardy, Mr. Kennedy e Randy Orton 

Com vários potenciais candidatos à vitória e que, a nível de booking, tal faria sentido, foi Mr Kennedy (ou devo eu dizer “Misteeeeeeeeeerr!!….. Kennedyyyyyyyyy!!…..”) que retirou a mala lá de cima.

Desde o Jeff Hardy a saltar dum escadote dentro do ringue e mandar um gigante leg drop no Edge que estava deitado noutro escadote cá fora, quando podia perfeitamente ter se virado e retirado a mala, mas como é o Jeff Hardy, tinha de ser não é verdade?; Desde o Mr. Kennedy a aplicar um green bay plunge dum escadote ao Hornwoggle, este combate foi caos, boa utilização dos escadotes, foi muita coisa boa…


Único problema, e talvez o mais grave, foi não terem levado mais além Mr. Kennedy e uma personagem tão cativante e carismática como ele e terem passado a mala Money in the Bank para as mãos de Edge que viria a fazer o cash in no Undertaker (vídeo abaixo) num episódio do SmackDown para se tornar assim o novo campeão mundial.



N.º 3 - Money In The Bank 2011

Cody Rhodes, Daniel Bryan, Heath Slater, Justin Gabriel, Kane, Sheamus, Sin Cara e Wade Barrett (SmackDown)

O Money in the Bank 2011 será para sempre recordado pelo inesquecível combate principal entre CM Punk e o então campeão da WWE, John Cena, em frente a um dos mais fervorosos públicos de wrestling e cidade natal de CM Punk, Chicago.

Para além desse clássico, tivemos o combate Money in the Bank da brand azul que contou com várias estrelas da WWE que queriam criar impacto e entrar no cenário de main event e foi precisamente o que este combate nos trouxe: gente nova e com fome pelo sucesso.

Seis dos participantes nunca tinham participado no combate Money in the Bank. Decidir um top 3 foi até bastante fácil e este combate só foi superado por outros dois mas mesmo assim não deixou de ser brilhante.




Os antigos membros dos Nexus, Wade Barrett, Heath Slater e Justin Gabriel tiveram o seu momento para lutar entre si, Sin Cara, que era recém chegado à empresa, foi atravessado num escadote com um powerbomb de Sheamus (vídeo abaixo), entre outros tantos momentos de alto risco que culminaram com a vitória de Daniel Bryan.

Mais tarde, Bryan viria a fazer o cash in em Big Show no TLC de 2011, conseguindo assim conquistar o seu primeiro título mundial.




N.º 2 - Money In The Bank 2013

Antonio Cesaro, Cody Rhodes, Damien Sandow, Dean Ambrose, Fandago, Jack Swagger e Wade Barrett (World Heavyweight Championship)

A única coisa que não faz este combate ter sido perfeito e o número 1 desta lista foi o cash in desta mala, mas já lá vamos.

Neste combate apenas um participante já tinha sido campeão mundial (Jack Swagger) e era um combate cheio de talento que se queria mostrar e tenho a dizer… Não desiludiram nada. Houve de tudo…

Alianças: Sandow e Cody Rhodes formavam na altura os Rhodes Scholars, Swagger e Cesaro (lembram se quando ele era Antonio?) formavam os Real Americans; houve ajudas externas, em que os Shield tentaram ajudar Ambrose mas sem sucesso; houve spots com escadotes, houve pessoal a mandar se para cima uns dos outros, muito caos, e no final, quando o público já torcia que o jovem Cody Rhodes conseguisse a sua tão esperada oportunidade, temos outra coisa neste combate: traição.

O seu colega de equipa e amigo Damien Sandow empurra-o do escadote para o chão e para surpresa de muitos, vence o combate e garante uma oportunidade de desafiar o campeão mundial de pesos-pesados.
Podem ver o combate na sua íntegra no vídeo abaixo, vale muito a pena.


Campeão esse que na altura do cash in viria a ser John Cena e que Sandow, um pouco como esperado, não teve sucesso. Talvez pelo mau booking, talvez pelo mau timing, até porque estávamos perto duma junção dos títulos mundiais, mas a verdade é que para o combate e resultado que foi, o cash in foi uma desilusão e o ínicio do "desmorenamento" da carreira de Damien Sandow na WWE.



N.º 1 - Wrestlemania 21
Christian, Chris Benoit, Chris Jericho, Edge, Kane, Shelton Benjamin

Se vamos falar de clássicos Money in the Bank, vamos então ter que recuar a 2005, ao primeiro.
Tal como em 2017, antes de começar o combate, toda a gente decidiu que Kane era o maior alvo a “abater” e salta tudo para cima dele, dando inicio assim ao combate.

Da grande demonstração de atleticismo de Shelton Benjamin, que na altura era o campeão Intercontinental, ao momento de trabalho de equipa entre Edge e Christian num combate que tem escadotes, à demosntração de técnica e wrestling puro de Benoit, o primeiro combate Money in the Bank teve tudo para tornar este o melhor de sempre.

Para não falar da boa aposta em Edge para vencer este combate, conseguir o cash in muito mais tarde em John Cena pelo título da WWE e rumar assim a um grande desempenho no cenário de main event que ajudou a lançar um dos melhores heels de sempre e uma carreira que viria a ser homenageada no corredor de fama da WWE.
Podem ver o resumo do combate bem como o cash in nos vídeos abaixo partilhados.





 Algumas menções honrosas:

• Money in the Bank 2014, vencido por Seth Rollins
• Money in the Bank 2018 feminino, vencido por Alexa Bliss
• Wrestlemania 24 e 25, ambos vencidos por CM Punk


Este é um top 6 criado duma forma subjetiva e, como tal, cada um tem a sua opinião e, por isso mesmo, gostaria de saber a vossa e de que forma construiriam este top 6.
Dou assim por concluído esta primeiríssima edição do Turnbuckle View, cá estaremos para uma próxima e sugestões de temas serão sempre bem-vindas. Gracias!

Sem comentários:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.