Ultimas

Os 10 melhores combates de Kurt Angle na WWE

Kurt Angle brilhou na WWE entre 1998 e 2006
Medalha de ouro de luta livre olímpica nos Jogos de Atlanta em 1996, Kurt Angle não só conseguiu fazer a transição para o pro wrestling como se tornou um dos melhores performers de todos os tempos.
 
Após uma aparição na ECW, o campeão olímpico assinou pela então denominada WWF em agosto de 1998, tendo feito a estreia televisiva a 14 de novembro do ano seguinte, no Survivor Series.
 
Durante os sete anos que se seguiram, Angle sagrou-se quatro vezes campeão da WWE e uma vez campeão da WCW, campeão mundial, campeão dos Estados Unidos da WCW, campeão de tag team da WWE, campeão europeu, campeão hardcore e campeão intercontinental. Venceu ainda o King of the Ring em 2000 e protagonizou combates e rivalidades memoráveis até 2006, quando se mudou para a TNA.
 
Vale por isso a pena conferir a nossa lista dos dez melhores combates de Kurt Angle na WWE, por ordem cronológica.
 
No Way Out 2001
No pay-per-view No Mercy 2000, Angle conquistou pela primeira vez o WWF Championship ao bater The Rock, apesar de Rikishi ter tentado interferir a favor do The Great One.
Entretanto, Angle defendeu o título diante de The Undertaker no Survivor Series, de Rikishi, The Rock e Steve Austin no Rebellion, de The Rock, Steve Austin, Triple HUndertaker e Rikishi num Hell in a Cell match de seis homens no Armageddon e de Triple H no Royal Rumble.
Apesar dos muitos adversários, o campeão e The Rock nunca se perderam de vista. Num episódio do SmackDown! no início de janeiro de 2001, Angle venceu um combate entre ambos, por desqualificação, após The Rock o ter atacado com uma cadeira.
Já na edição de 8 de fevereiro do SmackDown!, The Rock bateu Big Show para se tornar no candidato principal ao WWF Championship no pay-per-view No Way Out.
 
 
 
Steve Austin (c) vs. Kurt Angle
Campeão da WWF, Steve Austin virou as costas à companhia em julho de 2001, no PPV Invasion, custando a derrota à Team WWF (Steve Austin, Kurt Angle, Chris JerichoThe Undertaker e Kane) frente à Team WCW/ECW (Booker T, Diamond Dallas Page, Rhyno, Bubba Ray Dudley e D-Von Dudley) ao aplicar um Stunner em Kurt Angle.
Na noite seguinte, no Raw is War, Austin justificou-se ao admitir que sentia que o presidente da WWF, Vince McMahon, queria-o substituir no topo da companhia por Angle. E nessa mesma noite, Austin atacou Angle durante um combate de mesas, criando ainda mais fricção entre os dois. Dias depois, na edição de 26 de julho do SmackDown!, Angle desafiou Steve Austin para um combate pelo título da WWF, mas Austin preferiu colocar Booker T a defender o título da WCW contra Angle, tendo Angle conquistado o cinturão nessa noite apesar da interferência de Austin. Porém, no Raw Is War a seguir, Angle perdeu o título da WWF para Booker T devido à interferência de Austin e Shane McMahon, mas voltou a desafiar Stone Cold para colocar o WWF Championship em jogo no SummerSlam, algo que foi aceite, tornando oficial o primeiro duelo entre ambos em PPV pelo principal cinturão da promotora.
 
 
 
Judgment Day 2002
Hair vs. Hair match:
No Monday Night Raw de 18 de março, o primeiro após a WrestleMania X8, a equipa de Edge e Kane venceu a de Angle e Booker T após um assentamento do canadiano no campeão olímpico.
Frustrado por ter sofrido o assentamento, Angle comentou um combate entre Booker T e Edge no SmackDown! de três dias depois e acabou por interferir no duelo, custando a derrota a Edge, naquele que foi apenas o primeiro de vários ataques entre ambos.
No Raw seguinte, Edge custou a derrota a Kurt Angle num combate pelo título intercontinental frente a Rob Van Dam, numa noite em que ambos ficaram a saber que iam integrar o roster do SmackDown!.
No episódio de 4 de abril do Smackdown!, Edge e Angle defrontaram-se finalmente, mas o combate terminou na desqualificação de Angle, que atacou Edge com uma cadeira. Na semana seguinte, Edge desafiou Kurt Angle para um combate no Backlash, mas acabou derrotado após sofrer um Angle Slam.
Entretanto, as provocações entre ambos continuaram, o que na edição de 2 de maio do SmackDown! levou Angle a desafiar Edge para um Hair vs. Hair match no Judgment Day.
 
 
 
Vengeance 2002
No pay-per-view anterior, o King Of The Ring, Undertaker reteve o título ao derrotar Triple H. Porém, o combate ficou marcado pela interferência de The Rock, que a dada altura plantou o Deadman no tapete com um Rock Bottom.
Furioso com essa interferência, Undertaker pediu a Vince McMahon um combate com The Rock com o título em jogo e o dono da WWE fez-lhe a vontade, agendando um duelo entre ambos para o Vengeance.
Entretanto, no episódio de 4 de julho do Smackdown!Undertaker e Kurt Angle empataram numa luta em que estava em jogo o WWE Undisputed Championship, uma vez que o Deadman concluiu um assentamento em Angle ao mesmo tempo que desistia.
Quatro dias depois, no Monday Night Raw, Vince McMahon anunciou que Kurt Angle seria adicionado ao combate no Vengeance, tornando-o num triple threat match. E nos shows que se seguiram até ao PPV, tanto Undertaker como Angle e The Rock aproveitaram cada oportunidade para se atacarem uns aos outros.
 
 
 
Unforgiven 2002
Chris Benoit vs. Kurt Angle
Numa altura em que o brand split tinha acabado de acontecer, Stephanie McMahon anunciou para o SmackDown! de 29 de agosto uma série de combates de eliminação para determinar o candidato principal ao WWE Undisputed Championship, na posse de Brock Lesnar.
Era suposto que Kurt Angle e Chris Benoit se defrontassem no combate decisivo, mas antes Stephanie adicionou à contenda a nova contratação do SmackDown!The Undertaker, que acabou mesmo por levar a melhor após fazer o assentamento em Benoit.
Na semana seguinte, Angle gozou com Benoit por ter sofrido o pinfall, mas foi confrontado pelo canadiano. Nessa mesma noite, ambos formaram equipa, juntamente com Eddie Guerrero, para defrontar Edge, Rikishi e Undertaker, mas a meio do combate Angle e Benoit começaram a lutar um com o outro.
No episódio de 12 de setembro do SmackDown!, Angle interferiu e custou a derrota a Chris Benoit num combate frente a Rikishi. Após esse incidente, Benoit foi ter com Stephanie McMahon e pediu para defrontar Angle no Unforgiven.
 
 
 
SmackDown! (5 de dezembro de 2002)
Four-Way Elimination match para determinar o candidato principal ao WWE Championship:
Kurt Angle vs. Chris Benoit vs. Edge vs. Eddie Guerrero
No Survivor Series 2002, Big Show conquistou o WWE Championship que era de Brock Lesnar depois de beneficiado de uma traição de Paul Heyman ao até então campeão.
Quatro dias depois, no SmackDown!, Big Show defendeu o título frente a Edge, mas o duelo terminou em no-contest depois de Heyman ter interferido. Após o combate, Lesnar atacou Big Show e Heyman, ações que o levaram a ser suspenso pela General Manager, Stephanie McMahon, que já tinha ameaçado castiga-lo caso atacasse alguém.
Com Lesnar fora da luta pelo WWE Championship, foi marcado um Four-Way Elimination match para determinar o novo candidato principal.
 
 
 
Kurt Angle (c) vs. Chris Benoit
No Armageddon 2002, Kurt Angle contou com a ajuda de Brock Lesnar para derrotar Big Show e conquistar o título da WWE pela terceira vez.
Antes do PPV, Angle tinha prometido levantar a suspensão de Lesnar e dar-lhe a primeira oportunidade pelo título, o que acabou por não acontecer, depois de se ter visto que tudo e tratava de uma manobra de Angle e Paul Heyman para tramar Lesnar.
Na edição de 19 de dezembro do SmackDown, Benoit esteve quase a fazer Angle desistir num combate pelo título, mas Big Show interferiu para atacar Benoit, com Lesnar a aparecer em cena para fazer o save, mas a acabar por ser atacado por Angle e Big Show.
Para a semana seguinte, estava agendado um combate pelo título entre Angle e Big Show, mas a General Manager do SmackDown, Stephanie McMahon, declarou que o campeão estava incapaz de competir depois de ter sido atacado por Lesnar após o show ter saído do ar na semana anterior. Então, a GM marcou um duelo entre Big Show e Chris Benoit para determinar o candidato principal para o title match do Royal Rumble, com Benoit a vencer, mas a ser dizimado depois por Big Show, Angle e a Team Angle (Charlie Haas e Shelton Benjamin).
 
 
 
SmackDown! (18 de setembro de 2003)
60 minute Ironman match pelo WWE Championship:
Uma rivalidade que durou largos meses durante o ano de 2003.
No Royal Rumble, Angle foi bem-sucedido a defender o WWE Championship frente a Benoit, enquanto Brock Lesnar venceu o Royal Rumble match.
No pay-per-view seguinte, o No Way Out, Lesnar e Benoit derrotaram a Team Angle (Kurt Angle, Shelton Benjamin e Charlie Haas) num combate handicap que era para ser um six man tag team match até Edge ter sido atacado no backstage.
No episódio de 6 de março do SmackDown!, Lesnar bateu Paul Heyman num Steel Cage match para ganhar uma oportunidade pelo título. Na semana seguinte, Angle derrotou Lesnar depois de interferências do seu irmão, Eric, assim como de Shelton Benjamin e Charlie Haas, retendo assim o cinturão.
Na WrestleMania XIX, Lesnar e Angle voltaram a defrontar-se, num combate em que Angle perderia o título caso fosse desqualificado ou alguém interferisse a seu favor. No entanto, Lesnar conquistou o WWE Championship através de um assentamento, depois de aplicar um terceiro F-5.
Após o maior evento do ano, Kurt Angle passou por uma cirurgia ao pescoço e só voltou aos ringues em junho, mas entrou logo na corrida pelo título, acabando por conquistá-lo no Vengeance, ao fazer o pinfall em Lesnar depois de um Angle Slam num triple threat match que também envolvia Big Show.
Quatro dias depois, no SmackDown!, Lesnar desafiou Angle para uma desforra. No entanto, Vince McMahon disse que Lesnar teria primeiro de o vencer num Steel Cage match em que Angle seria o árbitro. Contudo, esse combate de jaula terminou em no contest, depois de McMahon e Lesnar terem atacado Angle.
Entretanto, Angle e Lesnar voltaram a defrontar-se no SummerSlam, com Angle a vencer por submissão, através de um Ankle Lock.
Depois de mais uma vitória sobre o rival, Kurt Angle focou a sua atenção em The Undertaker, com o qual lutou num combate pelo WWE Championship no episódio de 4 de setembro do SmackDown!. No entanto, Lesnar interferiu nesse duelo ao atacar ambos os lutadores com uma cadeira, o que levou à marcação de um Ironman match entre Angle e Lesnar com o título em jogo para duas semanas depois.
 
 
 
No Royal Rumble match de 2005, Kurt Angle (SmackDown) atacou e eliminou Shawn Michaels (Raw) depois de o Heartbreak Kid o ter eliminado.
Entretanto, Angle perdeu um combate com John Cena para determinar o candidato principal ao WWE Championship, no No Way Out, e na noite seguinte Michaels disse ao General Manager do Smackdown, Theodore Long, para informar Angle que tinha sido desafiado para um combate na WrestleMania.
Na edição de 28 de fevereiro do Monday Night Raw, Kurt Angle atacou Shawn Michaels após este bater Edge numa Street Fight, anunciando que tinha aceitado o desafio.
Nas semanas que se seguiram, os dois continuaram a atacar-se e a provocar-se. Angle chegou mesmo a desafiar para um combate o antigo parceiro de tag team de Michaels, Marty Jannetty, vencendo-o por submissão. E também convenceu a antiga manager de HBK, Sensational Sherri, para fazer uma paródia do theme song de Michaels, “Sexy Boy”, chamando-lhe “Sexy Kurt”. Michaels interrompeu a brincadeira e exibiu um vídeo com os destaques da sua carreira, deixando Sherri emocionada. Quem não se emocionou minimamente foi Angle, que aplicou um Ankle Lock em Sherri.
 
 
 
Vengeance 2005
Na WrestleMania 21, Kurt Angle venceu Shawn Michaels por submissão, forçando-o a desistir através de um Ankle Lock num combate que foi considerado um dos melhores de sempre do maior evento da WWE.
Os dois estiveram mais de dois meses sem estar em contacto, até porque HBK pertencia à Raw e Angle ao Smackdown, porém, o draft colocou o campeão olímpico no Raw durante o episódio de 13 de junho. Nessa mesma noite, Michaels desafiou Angle para uma desforra no Vengeance e Angle aceitou.
 

Sem comentários:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.