Ultimas

PPV Review - WWE Hell in a Cell 2021


Data: 20 de junho 2021
Arena: Yuengling Center
Localidade: Tampa, Flórida 
 
Hell in a Cell match pelo WWE SmackDown Women's Championship:
Bianca Belair (c) vs. Bayley
Combate que Bianca Belair começou por dominar, o que levou Bayley a ir buscar uma cadeira muito rapidamente.
Se Belair utiliza muitas vezes o próprio cabelo como arma, desta vez Bayley procurou utilizar o feitiço contra a feiticeira, pisando a trança da campeã em cima de um degrau e prendendo o cabelo de Belair numa das cordas do ringue.
Bayley voltou a inovar ao usar um double kendo stick como arma, mas acabou por ser a própria a ser projetada para cima dos kendos sticks, que se encontravam montados entre o ringue a estrutura da cela.
Em seguida foi introduzido em ringue um escadote que foi utilizado por ambas para infligir dor, incluindo no Kiss Of Death que Bianca Belair aplicou antes do assentamento vitorioso.
Vencedora: Bianca Belair
Nota: 7,5/10
 
 
Cesaro vs. Seth Rollins
Seth Rollins não perdeu tempo e atacou Cesaro durante a entrada em ringue do suíço. No entanto, Cesaro conseguiu equilibrar e até dominar o combate durante boa parte do tempo.
Após algumas tentativas de assentamentos e submissões de parte a parte, Rollins surpreendeu Cesaro com um Inside Cradle vitorioso.
Vencedor: Seth Rollins
Nota: 6/10
 
 
Shayna Baszler vs. Alexa Bliss
Shayna Baszler entrou hesitante, mas rapidamente passou a dominar a sua adversária. No entanto, Alexa Bliss surpreendeu após um Sister Abigail e um Twisted Bliss, enquanto Nia Jax parecia assistir hipnotizada a tudo no exterior do ringue.
Vencedora: Alexa Bliss
Nota: 4,5/10
 
 
Kevin Owens vs. Sami Zayn
Enésimo combate entre ambos só na WWE. Haverá dois lutadores que se terão defrontado tanto em combates televisivos nos últimos dez anos quanto Kevin Owens e Sami Zayn?
Tal como se esperava, acabou por ser um grudge match, com ambos mais preocupados em magoar o outro do que propriamente em dar espetáculo.
Sami Zayn acabou por sair vencedor após um Helluva Kick, um golpe que nem sempre lhe dá vitórias.
Vencedor: Sami Zayn
Nota: 6/10
 
 
WWE Raw Women's Championship:
Rhea Ripley (c) vs. Charlotte Flair
Combate bastante físico, recheadíssimo de strikes. A agressividade foi tanta que Rhea Ripley acabou por se desqualificar, porém, a rivalidade promete continuar.
Vencedora: Charlotte Flair (via desqualificação)
Nota: 5,5/10
 
 
Bobby Lashley (c) vs. Drew McIntyre
Combate violento, em que tudo servia como arma ou como plataforma para arremesso: estrutura da cela, degraus, ringue, mesas e cadeiras.
A dada altura, McIntyre atirou a cabeça de Lashley contra uma cadeira que estava montada num dos cantos e logo a seguir aplicou o Future Shock DDT, mas o árbitro estava magoado e não contou o assentamento que se seguiu. Instantes depois surgiu um novo árbitro, mas quando este se preparava para contar o pinfall depois de o escocês ter executado o Claymore, MVP puxou-lhe a perna. Frustrado, McIntyre aplicou um Claymore em MVP.
Entretanto McIntyre voltou à carga em Lashley, acertando-lhe com várias cadeiradas. No entanto, falhou o Claymore e foi plantado numa mesa. No entanto, Lashley falhou o Spear e sofreu um Future Shock DDT que deixou o britânico mais perto do triunfo. Porém, quando McIntyre se preparava para aplicar o Claymore, MVP prendeu-lhe a perna e Lashley aproveitou para alcançar a vitória através de um roll-up.
Vencedor: Bobby Lashley
Nota: 7/10

Sem comentários:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.