Ultimas

Lucas Headquarters #36 - WWE e IMPACT: “Muito mais é o que nos une…”

 

Ora então boas tardes, comadres e compadres! Como estão? Sejam bem-vindos a mais um episódio do “Lucas Headquarters” aqui no WrestlingNotícias!

Espero que estejam bem, que apesar de termos passado a Estado de Calamidade ainda tenham muito “tato” como os meus conterrâneos alentejanos dizem, e não me venham com essas tretas do “bom feriado” e coiso e tal, porque eu recuso-me a celebrar feriados ao fim-de-semana! O que podem perfeitamente fazer é tirar um tempinho para ler este artigo, porque hoje é Dia do Trabalhador… logo é suposto não se trabalhar! (A malta aqui da província leva este dia muito a sério!)

Vamos ao que interessa: Todos nós, fãs mais ou menos assíduos desta arte do pro wrestling já fomos confrontados com a clássica pergunta: “WWE ou TNA/IMPACT?”, que é um bocado o equivalente àquela pergunta que os amigos dos nossos pais (sobretudo aqueles que são fãs de futebol) nos fazem quando somos crianças: “És do Benfica ou és do Sporting/Porto?”



Por isso, vou aproveitar a sugestão do Diogo (colaborador aqui do site, para quem mando um forte abraço) e vou dar a minha opinião sobre o que as torna mais unidas, do ponto de vista dos feitos de alguns dos wrestlers que passaram por ambas as empresas. Porque afinal, e citando o letrista e poeta Carlos Tê (que escreveu letras para nomes como Rui Veloso, por exemplo):

“Muito mais é o que nos une, que aquilo que nos separa” (*inserir piano*)


O que une a WWE à IMPACT?


They don’t call him “Phenomenal” for nothing


Se já não havia mais motivos para considerar AJ Styles como o melhor wrestler da sua geração, de repente aparece mais um: Com a vitória do RAW Tag Team Championship ao lado de Omos na Wrestlemania, o Phenomenal One tornou-se o primeiro wrestler a ser Grand Slam Champion em ambas as empresas.

Isto tem um sabor especial se considerarmos que a maior parte da carreira de AJ Styles foi dedicada à X-Division da antiga TNA, da qual foi campeão. Para além disso, ele foi TNA World Champion, TNA Television Champion e TNA Tag Team Champion.





Juntar isto ao histórico privilégio de, por exemplo, ter sido o último adversário da carreira de Undertaker, é suficiente para inscrever o nome do Phenomenal One nos livros da História do wrestling. E pensar que AJ Styles ainda está em plena forma física, o que nos levará a concluir que ainda tem mais uns anitos de wrestling pela frente é só um excelente sinal. E só beneficiará pessoas como o próprio Omos, que a WWE considera ainda estar muito "verde" em termos de ring skills.

 

~

Caminhos convergentes


Não é segredo para quem acompanha wrestling que a própria modalidade é uma caixinha de surpresas, e que muitas vezes têm uma maneira… inusitada de fazer as coisas acontecer.

Para melhor explicar este ponto, centremo-nos nos wrestlers mais interessantes que a WWE tem neste momento: Drew McIntyre e Bobby Lashley.

Ambos foram revelados pela WWE, embora nesses primeiros tempos Lashley tivesse relativamente mais sucesso do que o escocês, uma vez que foi ECW World Champion enquanto McIntyre se ficou apenas pelo Intercontinental Championship e, mais tarde, por um Tag Team Championship com Cody Rhodes. Sem alcançarem grande sucesso nesses primeiros anos, ambos saem da empresa e forjam os seus próprios legados: Lashley aventura-se no Bellator, McIntyre assina pela IMPACT.

Não demorou muito até que ambos se voltassem a encontrar nesta última empresa. Lashley só precisou de uns quantos meses para capturar o TNA World Championship, Drew Galloway levou mais tempo – um ano, derrotando Matt Hardy para esse efeito.

Ora, se estes caminhos já não podiam convergir mais, tal aconteceu quando McIntyre e Lashley combateram pelo WWE Championship nesta Wrestlemania… depois de já terem combatido pelo TNA World Championship na IMPACT! Parece que estes dois wrestlers foram concebidos para andar sempre às turras um com o outro, onde quer que seja…


E vocês, que semelhanças (do ponto de vista de feitos e percursos dos wrestlers) destacam entre WWE e IMPACT?

E assim termina mais uma edição dos "Lucas Headquarters"! Não se esqueçam de passar pela página do WN, deixar a vossa opinião nos comentários, sugerir temas, o costume. Para a semana cá estarei com mais um artigo!

Peace and love gente boa, até Sábado!










2 comentários:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.