quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

PPV Review - Impact Wrestling Hard To Kill 2021


Data: 16 de janeiro de 2021
Arena: Skyway Studios
Localidade: Nashville, Tennessee
 
 
Intergender tag team match:
Decay (Rosemary e Crazzy Steve) vs. Tenille Dashwood e Kaleb with a K
Combate caótico, com tags frequentes e períodos em que se encontravam mais do que dois lutadores em ringue. Depois de Rosemary ter cuspido uma mist para a cara de Kaleb with a K, Crazzy capitalizou com um Tornado DDT que haveria de dar a vitória aos Decay.
Vencedores: Decay (Rosemary e Crazzy Steve)
Nota: 6/10
 
 
Old School Rules:
Eric Young, Deaner e Joe Doering vs. Cousin Jake, Rhino e Tommy Dreamer
Combate de tag team sem desqualificações e sob as regras tornado, em que todos os elementos de uma equipa estavam legais em simultâneo.
Numa contenda em que não faltaram cadeiras, kendo sticks e pioneses, Eric Young deu o triunfo à sua equipa após um Piledriver em Cousin Jake.
Vencedores: Eric Young, Deaner e Joe Doering
Nota: 5,5/10
 
 
Impact Knockouts Tag Team Championship (vago):
Havok e Nevaeh vs. Kiera Hogan e Tasha Steelz
Combate não muito atrativo, mas com os seus bons momentos. Kiera Hogan e Tasha Steelz conseguiram vencer as mais poderosas Havok e Nevaeh e receberam os cinturões das mãos de Gail Kim e Madison Rayne.
Vencedoras: Kiera Hogan e Tasha Steelz (novas campeãs)
Nota: 4,5/10
 
 
Ace Austin vs. Matt Cardona
Combate marcado à última hora, quando Ace Austin exigiu fazer parte do show e Matt Cardona [a.k.a. Zack Ryder] respondeu ao desafio. Quando Cardona parecia em boa posição para levar a melhor, Madman Fulton atacou-o e causou a desqualificação a Austin.
Vencedor: Matt Cardona (por desqualificação)
Nota: -
 
 
Impact X Division Championship:
Manik (c) vs. Chris Bey vs. Rohit Raju
Combate em que Rohit Raju tentou insistentemente retirar a máscara a Manik, algo que acabou por conseguir. No entanto, Manik escondeu a sua identidade porque tinha a cara pintada e por isso prosseguiu o combate sem qualquer tipo de perturbação.
A partir desse momento, a contenda tornou-se cada vez mais imprevisível, com os três lutadores a estarem perto de alcançar o triunfo. Embora segundos antes tivesse estado perto de desistir perante um Crossface de Rohit Raju, Manik alcançou o triunfo através de um roll-up em Raju.
Vencedor: Manik
Nota: 6,5/10
 
 
Impact Knockouts Championship:
Deonna Purrazzo (c) vs. Taya Valkyrie
Combate com muitas interferências nos minutos iniciais. Apesar de ser fisicamente mais poderosa, Taya Valkyrie passou por imensas dificuldades, uma vez que Deonna Purrazzo lhe causou estragos no braço esquerdo e no joelho esquerdo. Valkyrie acabou mesmo por desistir, depois de a campeã a ter feito desistir através de um Double Arm Bar.
Vencedora: Deonna Purrazzo
Nota: 5/10
 
 
Barbed Wire Massacre:
Eddie Edwards vs. Sami Callihan
O ringue envolto em arame farpado foi o palco de dois grandes entusiastas do hardcore wrestling. Apesar das armas à disposição, o combate não foi muito intenso, tendo ambos os lutadores optado por uma postura mais calculista, procurando sobretudo causar momentos de dor ao adversário. E, como não podia deixar de ser, houve sangue.
A dada altura, Sami Callihan aplicou um Piledriver a partir do topo de um dos cantos para cima de uma tábua recheada de arame farpado, mas Eddie Edwards fez o kick out. Na resposta, Eddie Edwards entalou a cabeça de Callihan entre o seu joelho e uma cadeira recheada de arame farpado com um Boston Knee Party, mas Callihan fez o kick out. No entanto, Edwards voltou à carga com um Emerald Flowsion em cima de uma das tais tábuas recheadas de arame farpado.
Vencedor: Eddie Edwards
Nota: 7/10
 
 
Kenny Omega e The Good Brothers (Doc Gallows e Karl Anderson) vs. Rich Swann, Chris Sabin e Moose
Combate com períodos alternados de domínio entre as duas equipas, com a equipa do Impact Wrestling a fazer valer a qualidade individual de cada um dos seus elementos, enquanto o Bullet Club fazia uso de um grande entendimento enquanto equipa.
A reta final foi emocionante, com Kenny Omega a sofrer um Spanish Flag de Moose a partir da corda superior e logo a seguir o Cradle Shock de Chris Sabin, mas a conseguir safar-se. Depois foi a vez de Omega plantar Swann com um Double underhook piledriver, entre muitas outras near falls envolvendo Swann e Omega. Após um período de grande emoção, Omega fez o assentamento vitorioso depois de um One-Winged Angel em Swann.
Vencedores: Kenny Omega e The Good Brothers (Doc Gallows e Karl Anderson)
Nota: 8/10

Publicar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

1 comentário(s):

- disse...

Impact X Division Championship:
Manik (c) vs. Chris Bey vs. Rohit Raju
Nota: 7/10


Impact Knockouts Championship:
Deonna Purrazzo (c) vs. Taya Valkyrie
Nota: 7.5/10


corrigido.