Ultimas

PPV Review - WWE NXT TakeOver 31


Data: 4 de outubro de 2020
Arena: Full Sail University
Localidade: Winter Park, Flórida



NXT North American Championship:
Damian Priest (c) vs. Johnny Gargano
Contraste de estilos, com o possante Damian Priest rapidamente a conseguir neutralizar a velocidade de Johnny Gargano. Percebendo isso, Gargano procurou jogar no erro do adversário, aproveitando alguma lentidão de Priest em subir ao ringue, por exemplo, para atacar na hora H.
Ainda assim, o combate foi sempre muito equilibrado, com bons momentos de parte a parte, nomeadamente através de pontapés impactantes.
Com near falls para ambos os lados, o duelo ficou marcado pela muita emoção. Embora Gargano tenha ficado bastante perto da vitória em várias ocasiões, o campeão reteve o título após um The Reckoning.
Vencedor: Damian Priest
Nota: 9/10


Kushida vs. Velveteen Dream
Kushida não perdeu tempo e atacou Velveteen Dream ainda antes de a sineta tocar. Foi, também por isso, uma espécie de grudge match, em que ambos não perderam a identidade, mas utilizaram-na para magoar o adversário e não tanto para dar espetáculo.
Depois de muito ter trabalhado no braço esquerdo de Velveteen Dream, Kushida assegurou um triunfo via submissão, através de um Arm Bar.
Vencedor: Kushida
Nota: 9/10


NXT Cruiserweight Championship:
Santos Escobar (c) vs. Isaiah "Swerve" Scott
Impressão minha ou a lutar pelo título de Cruiserweight estavam dois lutadores com um peso acima da média no roster do NXT?
Um pouco à imagem do que Kushida tinha feito no combate anterior, Isaiah Scott trabalhou no braço esquerdo de Santos Escobar.
Escobar esteve perto da vitória depois de ter aplicado um Shoulder Breaker na sequência de uma interferência de Joaquín Wilde, mas Isaiah Scott fez o kick out.
Depois instalou-se o caos na zona adjacente ao ringue, com várias interferências. Escobar esteve novamente próximo de vencer após um Phantom Driver, mas Isaiah Scott voltou a safar-se. Entretanto foi a vez de Isaiah Scott ter estado quase a vencer depois de um 450 Splash, mas Escobar fez o kick out.
Parecia que não houvesse nada que derrotasse um dos lutadores, mas Isaiah Scott não se levantou depois de um Double Underhook Facebuster.
Vencedor: Santos Escobar
Nota: 8,5/10


NXT Women's Championship:
Io Shirai (c) vs. Candice LeRae
Mais um combate bastante dividido, recheado de strikes, nomeadamente por parte da campeã Io Shirai, sempre a fazer jus à tradição japonesa.
Candice LeRae esteve perto de vencer após um Back Stabber e um Springboard Moonsault, mas no último instante Io Shirai fez o kick out. Seguiram-se submissões de parte a parte e uma agressão involuntária de LeRae ao árbitro, que pouco depois ainda levou com Io Shirai em cima.
Numa altura em que não era árbitro, LeRae não teve ninguém para contar o pin fall. Depois apareceu Gargano vestido de árbitro, mas nem assim a candidata principal conquistou o título.
Entretanto apareceu o árbitro original, que por estar distraído com Gargano não viu LeRae atingir Shirai com o cinturão. Porém, o assentamento que se seguiu não chegou ao fim.
Io Shirai aproveitou a confusão e a frustração da adversária para aplicar um Spanish Flag e um Diving Moonsault para assegurar o triunfo.
Vencedora: Io Shirai
Nota: 8/10


NXT Championship:
Finn Bálor (c) vs. Kyle O'Reilly
Combate que iniciou bastante técnico, como é apanágio dos seus dois intervenientes, mas que foi ganhando mais intensidade e golpes mais impactantes à medida que foi decorrendo.
A reta final do duelo ficou marcada por muita emoção e ocasiões em que ambos os lutadores estiveram perto do triunfo. O’Reilly quase venceu por submissão já depois de ter aplicado um Brainbuster, Bálor respondeu com um 1916. Os fortes pontapés, esses, foram uma constante de parte a parte.
Numa fase em que já ambos estavam bastante desgastados e até ensanguentados, Bálor alcançou o triunfo depois de um Coup de Grâce.
Vencedor: Finn Bálor
Nota: 8,5/10 

1 comentário:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.