Ultimas

BOOM #5 - O mundo do wrestling não é diferente


No momento em que escrevo este artigo, o mundo do wrestling vive um escândalo que poderia e deveria ter sido evitado.

Por uma questão de direitos legais, não irei especificar nenhuma das acusações feitas nestes últimos dias. Consultar as redes sociais, dos mais diversos wrestlers tem sido extremamente depressivo para qualquer fã da modalidade. Tudo começou com uma acusação ao wrestler David Starr. Isto desencadeou uma série de outras acusações contra muitos outros performers.

Acima de tudo é importante destacar a coragem de todos aqueles que divulgaram as suas histórias. A maior parte das empresas, que tiveram atletas envolvidos nestes escândalos, já se pronunciaram, referindo que caso algo fosse provado, esses seriam automaticamente despedidos. Alguns despedimentos já ocorreram, outros wrestlers foram suspensos até tudo ser esclarecido.

Esta situação levou muitos fãs, e leva-me a mim também, a questionar o que poderá vir a seguir. Muitos dizem ter perdido o amor e a paixão pelo desporto.

O wrestling, independentemente do local onde é praticado, tem de mudar! A dinâmica existente entre wrestlers, treinadores, promotores e fãs tem de mudar! A existência de festas após os shows deve pelo menos ser questionada, e no máximo deve deixar de acontecer! Os fãs que foram “calados” quando revelavam algo questionável acerca de algum performer devem de ser ouvidos!

Dado que a essência de um combate de wrestling é "confiar a minha segurança a outra pessoa", está claro que neste caso a confiança foi quebrada a vários níveis.

Qualquer que seja o wrestler ou performer, por mais que seja muito popular e talentoso, tem de ser castigado e punido pelos seus atos.

O que surgir deste "mundo destruído" será diferente, para o melhor, e valerá a pena ser acompanhado. Não será do dia para a noite, mas será proveitoso.

Para todos os que foram corajosos e divulgaram a sua história, OBRIGADO!


Até Breve!

7 comentários:

  1. "Qualquer que seja o wrestler ou performer, por mais que seja muito popular e talentoso, tem de ser castigado e punido pelos seus atos."

    Hum.

    E o Justin Roberts, concordas com quem quer o castigar pelo o que ele (não) fez?

    Nota - não falo dos outros, estou só a falar dele agora.

    ResponderEliminar
  2. No caso do Justin Roberts (como de qualquer outro) caso se confirme deve de ser punido e castigado como referi.
    No entanto, se as acusações forem falsas também concordo com a punição de quem as fez (para qualquer caso também).

    ResponderEliminar
  3. Estás a par dessas acusações feitas ao Justin? É que caso sejam *verdadeiras*....são 100% LEGAIS.

    Percebes onde quero chegar?

    ResponderEliminar
  4. Sim estou a par. Como referi no artigo não vou (nem me compete) comentar nenhum dos casos em particular.
    E quando falo em castigo e punições, também me refiro a prisão (dependendo da gravidade do caso)

    ResponderEliminar
  5. ok, então comento eu: quer a acusadora do Justin quer o próprio Justin admitem que ele fez 0% de coisas ilegais.

    A questão é que a acusadora quer aproveitar...(nojo)...o momento...do SpeakingOut para lhe lixar a carreira porque alguns considerariam imoral (mas não ilegal) o que ele fez.

    Ou seja, cada caso é um caso, e tal como no MeToo, há muita coisa a acontecer debaixo da mesa sem nos apercebermos no meio de todas estas virgens ofendidas (não falo só das acusadoras, mas do público que Vê isto tudo a acontecer) há pessoas a aproveitarem-se disto para "acertarem contas".

    Cuidado quando juntamos tudo no mesmo saco.

    ResponderEliminar
  6. Eu percebo, e por isso mesmo é que não comentei nenhum caso em particular, porque não temos todos os dados disponíveis para perceber qual a verdadeira verdade.
    E como em todos os movimentos (Speaking Out, MeToo, Black Lives Matter, entre outros) existem sempre aqueles que se procuram aproveitar de determinada situação.
    Portanto, como disse se se vierem a provar verdadeiras condenar quem as cometeu, se forem falsas condenar quem procurou difamar e humilhar outra pessoa.

    ResponderEliminar

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.