Ultimas

Ladder match. Os 10 melhores combates de sempre na WWE

Shawn Michaels e Razor Roman no Ladder Match da WrestleMania X
O ladder match – ou combate de escadote – foi celebrizado pela WWE a partir da década de 1990, mas terá sido inventado pela promotora canadiana Stampede Wrestling, que em setembro de 1972 organizou um duelo entre Dan Kroffat e Tor Kamata em que o objeto suspenso era um maço de notas.

11 anos depois, Bret Hart enfrentou Bad News Allen num ladder match da Stampede Wrestling pouco antes de ingressar na então World Wrestling Federation (WWF), tendo sugerido esse tipo de combate a Vince McMahon no início dos anos 1990.

O Hitman acabou por protagonizar o primeiro ladder match de sempre da WWF, quando venceu Shawn Michaels pelo WWF Intercontinental Championship no evento WWF Wrestling Challenge, a 21 de julho de 1992. Porém, o combate nunca foi televisionado, ainda que em 2007 tivesse sido incluído no DVD The Ladder Match.

Daí para cá, os ladder matches têm-se sucedido na WWF/WWE. No total, são já mais de seis dezenas. Vale por isso a pena conhecer a nossa lista de dez melhores, por ordem cronológica.


Ladder match pelo Undisputed WWF Intercontinental Championship:
Razor Ramon (c) vs. Shawn Michaels
Em setembro de 1993, o então presidente da WWE, Jack Tunney, anunciou que Shawn Michaels ia ficar se o título intercontinental por não o defender com frequência.
Entretanto, Razor Ramon ganhou o título após competir numa battle royal e bater o outro finalista Rick Martel num combate.
Porém, Shawn Michaels recusou-se a reconhecer a mudança de título e insistiu tratar-se do verdadeiro campeão. E para incomodar Ramon, atacou-o e ajudou Irwin R. Schyster a roubar-lhe as correntes de ouro. Michaels também interferiu num combate entre Ramon e Schyster no Royal Rumble, mas Ramon ainda assim conseguiu vencer. 



Ladder match pelo WWF Intercontinental Championship: 
Shawn Michaels (c) vs. Razor Ramon
Shawn Michaels tinha ganho o título ao bater Jeff Jarrett no PPV anterior, o In Your House 2. Nesse evento, HBK também foi um lumberjack no combate pelo WWF Championship entre Diesel e Sycho Sid, tendo ajudado o primeiro a reter o título, pelo que foi inicialmente agendado para o SummerSlam 1995 um duelo entre Michaels e Sid.
No entanto, esse combate foi desmarcado, com Razor Ramon a ser anunciado como candidato ao título, numa reedição do fantástico combate da Wrestlemania X. Entretanto, também o comentador Jerry Lawler manifestou vontade de lutar pelo cinturão, o que levou Michaels a lutar contra ele na edição de 14 de agosto do Monday Night Raw, com Sid a tentar interferir a favor de Lawler e Ramon a ajudar Michaels. Porém, HBK e Ramon brigaram em seguida, com Ramon a levar a melhor.



No Mercy 1999
Ladder match pelos serviços de manager de Terri Runnels e 100 mil dólares:
New Brood (Matt Hardy e Jeff Hardy) vs. Edge & Christian
Até julho de 1999, Edge e Christian integravam The Brood, stable liderada por Gangrel, mas o líder do grupo atacou Edge e acabou também por perder a companhia de Christian, aliando-se depois aos rivais dos canadianos, os The Hardy Boys, formando os The New Brood.
No final de setembro, Terri Runnels organizou o Terri Invitational Tournament, que consistia numa série de combates à melhor de cinco entre os The New Brood e Edge & Christian. Os vencedores, além dos serviços de manager de Terri Runnels, ganhariam 100 mil dólares.
No arranque desta série, no SmackDown! de 30 de setembro, Edge e Christian venceram o primeiro combate do torneio. Quatro dias depois, no Monday Night Raw, os canadianos voltaram a sair vitoriosos. Porém, os Hardy Boyz somaram mais duas vitórias e atiraram a decisão para o quinto combate, que ficou decidido que seria um Ladder match, o primeiro entre duas equipas na WWE, no PPV No Mercy.


Ladder match pelo WWF Intercontinental Championship:
Chris Benoit (c) vs. Chris Jericho
A rivalidade entre os dois começou a caminho da Wrestlemania 2000, quando Chris Benoit e Chris Jericho desafiaram Kurt Angle pelos dois títulos que este detinha, o intercontinental e o europeu, num combate a duas falls. Benoit derrotou Jericho pelo título intercontinental e Jericho retribuiu o favor para conquistar o cinturão europeu.
Depois disso, Chris Benoit conseguiu três vitórias consecutivas sobre Y2J, incluindo uma num combate à melhor de três no SummerSlam.
Na edição de 4 de janeiro do SmackDown!, Benoit defendeu o título intercontinental frente a Jericho, mas a interferência de Perry Saturn e Dean Malenko, membros do grupo The Radicalz, deu a vitória por desqualificação a Y2J.
Quatro dias depois, no Raw Is War, Jericho uniu forças com os The Hardy Boyz para vencer os The Radicalz, ao conseguir o assentamento vitorioso em Benoit. Embalado por esta vitória, Jericho exigiu um combate pelo título no Royal Rumble, com Benoit a aceitar e a dar a oportunidade a Jericho para escolher a estipulação, com Y2J a optar por um combate de escadote.



Money in the Bank ladder match:
Edge vs. Chris Benoit vs. Chris Jericho vs. Christian vs. Kane vs. Shelton Benjamin
O primeiro Money in the Bank ladder match da história. Após bater Maven no Monday Night Raw de 28 de fevereiro de 2005, a cinco semanas da WrestleMania, Chris Jericho pediu o microfone e desafiou cinco outros lutadores para um combate de escadote no grande evento, ainda que sem adiantar pormenores.
Na semana seguinte Eric Bischoff reuniu com Edge, Christian, Chris Jericho, Chris Benoit e Shelton Benjamin, todos do Raw, e propôs um Ladder match entre os cinco e mais um – Kane – na WrestleMania 21, em que o vencedor receberia uma oportunidade pelo título mundial.



No Mercy 2008
Ladder match pelo World Heavyweight Championship:
Chris Jericho (c) vs. Shawn Michaels
Após ter vencido e consequentemente encerrado a carreira de Ric Flair na WrestleMania XXIV, Shawn Michaels foi confrontado em dias diferentes por Batista e Chris Jericho, que acusaram HBK de egoísmo. 
Foi então marcado um combate entre Michaels e Batista para o Backlash, mas no Monday Night Raw de 14 de abril HBK e Jericho voltaram a confrontar-se. Y2J disse que não seria surpreendente se tivesse sido Michaels a sugerir a Vince McMahon a ideia de Ric Flair se retirar, e aí Michaels explodiu e aplicou-lhe um Superkick. Frustrado, Jericho pediu a Regal para ser incluído no combate do Backlash e o britânico atribuiu-lhe o cargo de árbitro convidado.
No Backlash, Michaels derrotou Batista, mas a dada altura aparentou sofrer uma lesão no joelho esquerdo. No Raw de 28 de abril, Jericho acusou Michaels de ter fingido a lesão para apanhar Batista desprevenido e vencê-lo, algo que HBK negou.
Na semana seguinte, foi marcado um duelo entre Jericho e Michaels para o Judgment Day. No Raw de 12 de maio Y2J pediu desculpas a HBK por tê-lo acusado de sofrer uma lesão e deu-lhe a possibilidade de desistir do combate, mas Michaels revelou que realmente fingiu a lesão no joelho. No Judgment Day, Michaels venceu e depois ambos apertaram as mãos.
Entretanto, Shawn Michaels voltou a envolver-se numa rivalidade com Batista, que o venceu num Stretcher match no One Night Stand. Mais tarde, a 9 de junho, Chris Jericho convidou Michaels para o seu talk show, o The Highlight Reel, salientou que os fãs continuavam a apoiar HBK e a vaiar Jericho apesar de este ter feito o que era certo e depois atirou Michaels contra um ecrã televisivo, causando danos no olho do rival.
Na altura, Chris Jericho era o campeão intercontinental e defendeu o título no Night Of Champions frente a Kofi Kingston, tendo saído derrotado após Shawn Michaels lhe ter causado uma distração.
Isto levou a mais um combate entre Jericho e Michaels, desta vez no The Great American Bash. Y2J desde o início do duelo que procurou causar estragos no olho do adversário, beneficiando da ajuda de Lance Cade, o que a dada altura fez com que o árbitro considerasse Michaels incapaz de continuar declarando Chris Jericho como vencedor.
Após várias semanas ausente, Shawn Michaels foi ao ringue durante o SummerSlam e, juntamente, com a sua mulher, Rebecca, anunciou a retirada. Jericho interrompeu-o e, ao tentar atingir Michaels a soco, acidentalmente acabou por acertar em Rebecca. Uma semana depois, no Monday Night Raw, Michaels anunciou que já não se ia retirar e desafiou Jericho para um Unsanctioned match no Unforgiven, tendo vencido após o árbitro declarar que Y2J já não tinha hipóteses de se defender.
Porém, essa noite ainda não tinha acabado para Chris Jericho, que foi convidado a substituir o CM Punk – que tinha sido atacado por Randy Orton - no Scramble match pelo World Heavyweight Championship e acabou por vencer o combate, sagrando-se campeão mundial.
Uma semana depois, no Monday Night Raw de 15 de setembro, foi anunciado que Chris Jericho iria defender o título frente a Shawn Michaels num ladder match no No Mercy.



Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade pelo WWE Championship:
CM Punk vs. Daniel Bryan vs. Randy Orton vs. Sheamus vs. Christian vs. Rob Van Dam
No PPV anterior, o Payback, foi anunciado que Rob Van Dam, que estava ausente dos ringues da WWE desde 2009, ia regressar no Money in the Bank. Na noite seguinte, foi anunciado que o campeão da WWE, John Cena, ia defender o título frente a Mark Henry e que o campeão mundial Alberto Del Rio defenderia o cinturão diante de Dolph Ziggler no Money in the Bank.
Posto isto, a vice-presidente executiva Stephanie McMahon anunciou que CM Punk, Sheamus, Randy Orton, Daniel Bryan, Christian e o regressado Rob Van Dam iriam competir no Money in the Bank ladder match por um contrato que garantia uma oportunidade pelo WWE Championship. Porém, Kane acabou por ser removido do combate depois de ser atacado pela estreante Wyatt Family no último Monday Night Raw antes do PPV.



Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade pelo WWE World Heavyweight Championship:
Seth Rollins vs. Dean Ambrose vs. Dolph Ziggler vs. Jack Swagger vs. Kofi Kingston vs. Rob Van Dam
Era suposto que Daniel Bryan defendesse o WWE World Heavyweight Championship no Money in the Bank, mas o campeão sofreu uma lesão que o obrigou a entregar o título, que seria assim disputado num combate de escadote entre Alberto Del Rio, Randy Orton, Sheamus, Cesaro, Bray Wyatt, John Cena, Kane e Roman Reigns no PPV.
Entretanto, um Money in the Bank ladder match foi adicionado ao evento, tendo Seth Rollins se autodeclarado como primeiro participante durante o episódio de 17 de junho do Main Event. Seis dias depois, no Raw, Triple H adicionou à contenda Bad News Barrett, Dolph Ziggler, Rob Van Dam, Kofi Kingston e Jack Swagger. Entretanto, Rollins pediu que Dean Ambrose fosse adicionado ao combate, algo que Triple H aceitou. Por outro lado, Barrett sofreu uma lesão e foi removido.



Money in the Bank Ladder match por uma oportunidade pelo WWE Championship:
Baron Corbin vs. AJ Styles vs. Dolph Ziggler vs. Kevin Owens vs. Sami Zayn vs. Shinsuke Nakamura
Pela primeira e única vez na história, o PPV Money in the Bank foi exclusivo de uma brand, a SmackDown. Por isso, o vencedor do Money in the Bank Ladder match masculino iria receber uma oportunidade pelo título mais importante da brand azul, o WWE Championship.
Com o campeão Jinder Mahal a defender o cinturão frente a Randy Orton, Shane McMahon anunciou no episódio do SmackDown de 23 de maio que AJ Styles, Shinsuke Nakamura, Dolph Ziggler, Sami Zayn e Baron Corbin seriam os participantes. O campeão dos EUA, Kevin Owens, argumentou que também deveria participar uma vez que reteve o seu título no Backlash após vitória sobre AJ Styles, argumento ao qual Shane foi sensível.
Logo nessa noite, Zayn derrotou Corbin numa desforra do Backlash, enquanto Styles e Nakamura formaram equipa e bateram Owens e Ziggler. Na semana seguinte, Owens e Corbin atacaram Nakamura, mas Zayn fez o save, o que levou a um combate de tag team em que Nakamura e Zayn saíram vencedores; e Ziggler bateu Styles, mas saiu derrotado sete dias depois na desforra. Entretanto, Corbin atacou Zayn e mais tarde Nakamura, que tinha acabado de vencer Owens.
Por fim, no último SmackDown antes do Money in the Bank, Styles, Nakamura e Zayn venceram Owens, Ziggler e Corbin num combate de tag team de seis homens, mas após a contenda todos os intervenientes envolveram-se numa brawl.



Ladder match para apurar o primeiro detentor do NXT North American Championship:
Adam Cole vs. EC3 vs. Killian Dain vs. Lars Sullivan vs. Ricochet vs. Velveteen Dream
No episódio de 28 de março do NXT, o General Manager William Regal anunciou a introdução do novo NXT North American Championship e foi interrompido por EC3, que fazia o seu regresso à WWE. EC3 foi imediatamente anunciado por Regal como um dos seis lutadores que iriam competir no Ladder Match que agendado para uma semana e meia depois, no NXT TakeOver: New Orleans, para coroar o primeiro campeão. Nessa mesma noite, Regal anunciou os outros cinco participantes: Adam Cole, Velveteen Dream, Lars Sullivan, Killian Dain e o estreante Ricochet.





Sem comentários:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.