Ultimas

PPV Review - WWE WrestleMania 36 (Dia 1)


Datas: 4 e 5 de abril de 2020 (gravado a 25 e 26 de março de 2020)
Arena: WWE Performance Center
Localidade: Orlando, Florida



Dia 1


WWE Women’s Tag Team Championship:
The Kabuki Warriors (Asuka e Kairi Sane) (c) vs. Alexa Bliss e Nikki Cross
O combate que deu o pontapé de saída à WrestleMania que provavelmente gerou menos entusiasmo na história. Se o futebol sem público já parece não fazer sentido, o pro wrestling então é que não faz sentido de todo – e logo a WrestleMania! Maldito sejas covid-19…
O combate em si foi bem disputado (e barulhento), com muita agressividade por parte de ambas as equipas. Na parte final houve bastante emoção, com near falls, vários voos e até um Doomsday Device. Ainda assim, foi um Twisted Bliss que deu a vitória e os cinturões a Alexa Bliss e Nikki Cross.
Vencedoras: Alexa Bliss e Nikki Cross (novas campeãs)
Nota: 6,5/10


Elias vs. King Corbin
King Corbin julgava que Elias não ia marcar presença no evento, mas este não só apareceu como atacou Corbin ainda antes de a sineta soar. Apesar da intensidade que ambos quiseram imprimir, convenhamos: em condições normais este combate não faria parte do card da WrestleMania.
A vitória acabou por sorrir a Elias, através de um pin fall em que puxou os calções do adversário, logo a seguir a Corbin ter tentado fazer o mesmo, tendo sido apanhado pela árbitra.
Vencedor: Elias
Nota: 5/10


WWE Raw Women's Championship:
Becky Lynch (c) vs. Shayna Baszler
Um combate que, à partida, merecia ter dezenas de milhares de pessoas nas bancadas, por se tratarem de duas das figuras mais poderosas da divisão feminina: Becky Lynch pelo carisma e pelo reinado sólido que tem tido, Shayna Baszler pela aura de invencível.
O duelo começou com uma espécie de brawl, com muitos strikes de parte a parte no interior e no exterior do ringue. Baszler dominou grande parte do combate e esteve perto da vitória via submissão através de um Armbar e de um Disarmer, mas Becky revelou resiliência. Baszler esteve sempre um passo à frente e foi causando estragos dentro e fora do ringue, fazendo até a cabeça de Becky embater na mesa de comentadores, mas a campeã surpreendeu através de um pin fall with bridge.
Becky alcançou uma vitória engenhosa, mas Shayna Baszler mostrou que pode dominar a campeã.
Vencedora: Becky Lynch
Nota: 6,5/10


WWE Intercontinental Championship:
Sami Zayn (c) vs. Daniel Bryan
Combate muito marcado pelo envolvimento entre Drew Gulak, Nakamura e Cesaro fora do ringue. Quando finalmente Zayn e Bryan estiveram frente a frente no centro do ringue sem distrações, o candidato principal esteve no controlo das operações, disferindo pontapés e aplicando submissões.
Quando Nakamura e Cesaro voltaram a causar distrações, Daniel Bryan viu um voo a partir do topo de um dos cantos esbarrar num Helluva Kick que lhe ditou a derrota.
Vencedor: Sami Zayn
Nota: 6,5/10


Triple Threat Ladder match pelo WWE SmackDown Tag Team Championship:
John Morrison (c) vs. Kofi Kingston vs. Jimmy Uso
Uma combinação de lutadores que fazia crer um bom espetáculo. Os três não perderam tempo e rapidamente foram buscar escadotes ao exterior do ringue. Tanto Morrison como Kofi e Uso brilharam com voos arrepiantes, faltando apenas o “wow” ou o “holy shit” dos fãs.
A dada altura Morrison fez Jimmy Uso cair do topo de um escadote para fora do ringue, mas quando se preparava para segurar nos títulos eis que Kofi Kingston fez-lhe frente, dando também tempo para que Uso recuperasse. A dada altura os três agarraram nos cinturões, mas Morrison caiu e os cinturões também, o que fez com que Morrison alcançasse involuntariamente a vitória.
Vencedor: John Morrison
Nota: 7,5/10


Kevin Owens vs. Seth Rollins
Combate intenso, com boas sequências e contra-ataques. O duelo acabaria com uma vitória de Kevin Owens via desqualificação, depois de ter levado com a sineta na cabeça.
Vencedor: Kevin Owens (via desqualificação)
Nota: 5,5/10


No DQ match:
Kevin Owens vs. Seth Rollins
Descontente pela vitória por desqualificação, Kevin Owens quis um novo combate, mas desta vez sem desqualificações. Menos combalido, Rollins começou melhor e utilizou os degraus e uma cadeira para causar mais estragos.
Porém, Owens ripostou e subiu a uma estrutura de vários metros de altura, de onde saltou para cima de Seth Rollins. De volta ao ringue, Owens aplicou um Stunner para alcançar o triunfo.
Vencedor: Kevin Owens
Nota: 7/10


WWE Universal Championship:
Goldberg (c) vs. Braun Strowman
Goldberg começou ao ataque, aplicando três Spears de seguida, mas sem conseguir o assentamento vitorioso. Depois de um quarto Spear, procurou o Jackhammer, mas acabou foi por sofrer quatro Powerslams e a derrota. Pela primeira vez na carreira, Braun Strowman conquistou um dos principais títulos da WWE.
VencedorBraun Strowman (novo campeão)
Nota: 4/10


Boneyard match:
The Undertaker vs. AJ Styles
Combate gravado como se de um filme se tratasse, no qual deu para ver The Undertaker de regresso à velha gimmick de motard. Não faltou música, os The Original Clubs e até algumas figuras do além e o teletransporte de The Undertaker, mas não lhe consigo chamar um combate de wrestling, apenas uma produção cinematográfica.
Vencedor: The Undertaker
Nota: 0/10


1 comentário:

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

Com tecnologia do Blogger.